Institucional

Imprensa

Acadêmicos arrecadam quase 1 mil caixas de bombons

 

A ação que começou pequena ganhou proporção incrível e fez a felicidade de muitas crianças carentes

A inquietação da acadêmica do curso de Direito Adrielly da Silva Victor em fazer o bem a crianças carentes mobilizou colegas, pessoas próximas e se espalhou para além dos portões do Centro Universitário de Cascavel – Univel. Com o objetivo simbólico de entregar caixas de bombons, ela fez da ação um ato de amor e solidariedade ao próximo. Sentimentos que também fazem parte dos valores da Univel que apoiou a iniciativa por meio do projeto Valores Humanos: um olhar diferente para a vida.

Durante um mês, os acadêmicos foram mobilizados a doar as caixas de bombons que contavam como horas de trabalho voluntário. Para mobilizar a comunidade interna, ela teve a ajuda do irmão, o também acadêmico da Univel, do 2º período de Administração, Valdinei Odair Victor Junior e dos amigos Anielly Richetti Magalhães do 2º período de Pedagogia, Lucas Felipe Teixeira e Matheus Pompeu Izidro do 6º ano do curso de Direito. Mas ela foi além: envolveu a família e com mais apoiadores, buscaram contribuições da comunidade. “Ao todo arrecadamos 600 caixas de bombons na Univel e mais 340 de outras pessoas e empresas que contribuíram”, contabiliza.

As 940 caixas de chocolate foram distribuídas em quatro bairros de Cascavel: Santa Cruz, 14 de Novembro, Colméia e Julieta Bueno. E esse momento foi emocionante, destaca Adrielly. “As crianças nos recebiam irradiantes e a cada sorriso eu tinha a certeza de que todo o esforço valeu a pena”, completa. Ela relembra que em meio a coordenação do projeto, estava em período de provas e mesmo assim, conseguiu chegar aos seus objetivos. “As pessoas precisam pensar mais nos outros”.

O irmão, Valdinei, foi o Papai-Noel da ação e para ele a experiência foi ímpar. “Todos que estiveram envolvidos no projeto se dedicaram muito, fizeram de coração. Para mim foi algo inédito, nunca tinha experimentado fazer a felicidade de alguém que não conheço”, revela o acadêmico que está motivado a continuar. “Não é preciso esperar uma data especial para fazer o bem. A gente pode fazer isso em qualquer época do ano”. Andrielly já planeja estruturar a ação de Natal do próximo ano. “Foi um projeto inédito neste formato na Univel e vamos organizá-lo melhor para levar o verdadeiro espírito do Natal às comunidades carentes”.  

Por: Núcleo de Comunicação 

20.12.2018

Galeria de Fotos

Fazenda Escola: uma forma prática de aprender Agronomia
Confira as principais dicas sobre a ABNT e formatação de trabalhos acadêmicos