Institucional

Imprensa

Alunos de Engenharia Mecânica constroem equipamento que contribui com a captação da água de poços

 

Os acadêmicos foram desafiados a construir uma bomba rosário utilizada para retirar água dos poços de forma efetiva e com baixo custo 

Os acadêmicos do curso de Engenharia Mecânica do Centro Universitário de Cascavel - Univel através da disciplina de mecânica dos fluídos, participaram de uma atividade para aprender a construir uma bomba rosário, utilizada na retirada de água de poços. O professor Douglas Guedes Batista Torres explica que alguns pontos de utilização da bomba rosário tem sido exemplo na região semi árida do Brasil, ou locais onde estão os pequenos agricultores que precisam bombear uma pequena quantidade de água, então é possível por exemplo fazer a captação da água de chuva, armazenar em uma caixa d’água e com a bomba rosário fazer a elevação dessa água para realizar a  irrigação de canteiros. “Os alunos na atividade supervisionada foram desafiados a montar uma bomba rosário. Foram construídas seis bombas rosários e de forma geral cada grupo acabou elencando materiais que tinham disponíveis, então ela acaba sendo de fácil construção podendo ser utilizada com materiais recicláveis. No caso a bomba rosário tem a possibilidade por exemplo de fazer o bombeamento de água no local onde não tenha rede elétrica, acesso a eletricidade porque ela funciona por acionamento manual”, explica o professor Douglas Terres. 

Para a acadêmica de Engenharia Mecânica, Maiara Mendonça München, o trabalho foi bem importante pois os acadêmicos puderam observar através de uma demonstração simples fenômenos físicos acontecendo no fluido, neste caso a água. “Esse trabalho desenvolvido da bomba rosário poderia ser aplicado para as pessoas que não tem condições de comprar uma bomba, ou até mesmo pequenos produtores e agricultores que necessitam de uma maneira rápida e barata de retirar água de um poço. É muito satisfatório ver na prática fenômenos estudados na teoria em sala de aula. Esse trabalho demonstrou  também como devemos pensar, planejar e executar um projeto, são iniciativas que nos preparam para exercer a engenharia futuramente”, observa Maiara. 

Mateus Alves Alexandre, que também é estudante do curso de Engenharia Mecânica explica que para ele é muito interessante desenvolver projetos que além de agregar conhecimento fazem a diferença na vida das pessoas. “Na prática em si de você botar a mão na massa, pensar e desenvolver um projeto que talvez possa ajudar outras pessoas a resolver problemas assim é muito interessante, agrega nosso conhecimento e também para usarmos isso no futuro na vida profissional,  possibilita concluir o curso de graduação com um conhecimento maior. Um trabalho assim pode ser aplicado em diversos locais, onde às vezes não chega a energia elétrica, pessoas de baixa renda que não podem comprar uma bomba elétrica para ter água do poço e isso acaba sendo um recurso bem que pode ser empregado de forma simples, de baixo custo e com uma funcionalidade excelente”, conclui Mateus.

Por: Núcleo de Comunicação 

10.12.2020

Galeria de Fotos

Educação em prol da sustentabilidade: Univel conquista Selo ODS 2020
O Novo Normal é tema do EAD em Foco 2020 na Univel