Institucional

Imprensa

Atividades do Programa de Residência Pedagógica da Univel

Acadêmicas do curso de Pedagogia realizam atividades com foco em alfabetização e letramento, em duas escolas municipais

 

O Programa de Residência Pedagógica do Centro Universitário de Cascavel - Univel, em consonância com  a organização da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e da Secretaria Municipal de Educação de Cascavel, é uma ação que tem como objetivo estimular o aperfeiçoamento e desenvolvimento da formação prática dos acadêmicos dos cursos de licenciatura.  

Desde setembro de 2020,  as acadêmicas do curso de Pedagogia da Univel, têm realizado atividades teórico-práticas com as temáticas de alfabetização e letramento juntamente com a produção de aulas e de materiais. As atividades foram acompanhadas pelas professoras  preceptoras e desenvolvidas semanalmente na Escola Municipal Professora Dulce Andrade Siqueira Cunha e  na Escola Municipal Professora Dilair Silverio Fogaça. 

Durante esse período, as acadêmicas realizaram leituras teóricas sobre alfabetização e letramento, além de fazer a discussão sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) , a implementação do Currículo da Rede Pública Municipal de Ensino de Cascavel e da região Oeste do Paraná (em virtude da pandemia, ocorreu encontros de forma remota e presenciais). De acordo com a coordenadora do curso de Pedagogia da Univel, Gislaine Buraki, o trabalho desenvolvido possibilitou a imersão das acadêmicas nas unidades de ensino e contribui para o trabalho do professor e ao mesmo tempo da articulação de conteúdos teóricos-práticos. “Acompanhar o cotidiano do professor, é desenvolver habilidades para além dos estágios e da graduação. Por meio da Residência Pedagógica, as alunas acompanham a realidade do profissional além de contribuírem para a atuação com os alunos”, ressalta Gislaine. 

Para a acadêmica Larissa Andressa Mello, do 7° semestre do curso de Pedagogia da Univel, a Residência Pedagógica é uma oportunidade para debater sobre a temática voltadas à prática de alfabetização e letramento. “Durante o Residência Pedagógica realizamos algumas atividades teóricas de leituras e debates sobre artigos e sobre os currículos, BNCC, AMOP, Currículo de Cascavel, analisando os campos voltados para a prática de alfabetização e letramento. Também realizamos atividades práticas nas escolas do campo, onde acompanhamos os trabalhos realizados por um professor alfabetizador a fim de compreendermos na prática como se dá esse processo. Nós elaboramos atividades, planos de aula, contações de histórias todos voltados para a prática da alfabetização e letramento”, conta Larissa. Para a acadêmica, vivenciar e acompanhar o cotidiano dos professores, é importante conhecer de perto a prática pedagógica.“ É de grande importância para minha formação, as vivências e a aproximação com essa prática, pois para nós pedagogos a prática da alfabetização é um grande desafio, então poder estar vivenciando isso de perto e conhecendo melhor como funciona, faz com que saímos da faculdade com uma segurança maior para a nossa atuação profissional”, conclui. 

Para a professora preceptora da Escola Municipal Professora Dulce Andrade Siqueira Cunha, Aparecida Lopes de Souza Ludgero, a interação com as residentes é uma oportunidade de troca de conhecimento. “Está sendo de fundamental importância o contato direto com as acadêmicas do curso de Pedagogia da Univel. Estamos interagindo e aprendendo umas com as outras, além do que as professoras Gislaine, Sueli e Thais têm contribuído e nos ensinado. Sou muito grata por estar fazendo parte desse projeto Residência Pedagógica pela Univel e espero somar e fazer a diferença na vida profissional das acadêmicas residentes, contribuindo com um pouquinho de minha experiência”, ressalta Aparecida. 

Segundo a professora preceptora da Escola Municipal Professora Dilair Silverio Fogaca, Suzanete Aparecida de Freitas Vaz, o Programa de Residência Pedagógica da Univel é importante para que as acadêmicas em conjunto com as equipes escolares, contribuam para uma melhora na qualidade de ensino. “O percurso desenvolvido por nós preceptoras e pelas alunas tem sido bem valioso para o momento atual, que em conjunto buscamos novos meios e recursos para desenvolver trabalhos com alunos e possibilitar o ensino e aprendizagem das crianças. O programa tem contribuído significativamente na qualidade da educação básica, onde a interação entre alunos, professores, formandos e toda equipe escolar como um todo, tem sido fundamental para que assim que se formem, venham para o espaço escolar e tenham uma visão da real contextualização da educação na sala de aula”, reforça Suzanete. 

Uma das atividades desenvolvidas, foi o desenvolvimento de vídeo aulas com a contação de histórias utilizando de elementos lúdicos, entonação e todo o cuidado do planejamento, para disponibilizarem aos professores de turmas de alfabetização e letramento de ambas as escolas.

 

Por: Núcleo de Comunicação

08.06.2021

Galeria de Fotos

Mestrado em Direito na Univel: inscrições abertas
Acadêmicos e professores de Ciências Contábeis realizam atendimentos sobre Declaração de Imposto de Renda