Institucional

Imprensa

Da Argentina para o Brasil: Juan José Duran e uma história incrível

 

Em uma noite emocionante o jornalista argentino foi homenageado na Univel

Foi com alegria que Juan José Duran chegou ao Centro Universitário de Cascavel – Univel. Comunicativo, o jornalista de 90 anos cumprimentou  todos os convidados para uma noite muito especial, onde recebeu o título de Mérito Universitário com o propósito de reconhecer os importantes serviços prestados à comunidade. “A história que Duran viveu fez dele um exemplo de homem forte que contribuiu para o bem da nossa sociedade. Sua presença é engrandecedora e certamente temos muito a aprender com ele”, expressa o Pró-Reitor Administrativo, Lucas Silva.

História de vida

Jornalista, ex-deputado federal na Argentina, Duran chegou em Cascavel em 1980, fugindo da sangrenta ditadura de seu país e junto com a esposa Ana Maria, adotou quinze filhos. Para Antonio de Jesus, Promotor de Justiça aposentado e amigo pessoal, Duran merece inúmeras homenagens. “O coração dele sempre foi maior do que as condições que tinha para criar os filhos adotivos. Foi muito mais do que abrigar ou alimentar, ele e a esposa ensinaram aos filhos sobre caráter e dignidade, tudo isso feito com muito amor”, conta Antonio de Jesus.  

Duran nasceu em família de classe média, seu pai era editorialista do jornal “Lá Nación” e sua mãe chefe da aduana. Com a morte do pai, aos 11 anos assumiu junto com a mãe a responsabilidade pela casa e pelo irmão caçula. Com uma bolsa de estudos, entrou para um dos melhores Colégios de Buenos Aires e aos 15 anos arrumou um emprego noturno, onde ganhava um peso por semana para cevar mate. Muito estudioso, Duran entrou para o jornalismo e também foi eleito deputado federal, onde construiu uma carreira pautada pelas críticas às desigualdades sociais e pela liberdade de expressão. “Quero agradecer a Univel por essa homenagem e em especial ao Renato Silva, amigo querido pelo qual tenho imensa admiração e carinho”, diz Duran. 

Mérito Universitário

O Mérito Universitário é uma das mais altas distinções com o objetivo de reconhecer e premiar aqueles que contribuem para a causa da educação, da cultura e do desenvolvimento. Para o Jornalista e amigo pessoal, Antonio Sbardelotto, Duran é uma fonte de inspiração. “Conheço o Duran há 32 anos e sempre ajudei a traduzir suas ideias e textos para que as pessoas pudessem entender em português. O Duran tem uma história que seguramente nos Estados Unidos já teria virado filme em Hollywood. Já rodou o mundo, passou fome e carrega no corpo as cicatrizes da sua história de luta na Argentina. Porém ele teve a sábia decisão de transformar a dor do passado em amor, construindo uma família maravilhosa no Brasil mesmo sem ter as condições financeiras ideais”, conta Antonio Sbardelotto.  

Além dos amigos e pessoas que fizeram parte de sua trajetória de vida, os acadêmicos de Jornalismo da Univel também participaram da homenagem.  “Uma das coisas que mais amo nessa vida é escrever. Por meio da escrita temos sim o poder de mudar o mundo. Aos jovens estudantes de jornalismo que estão aqui presentes, quero dizer que a tecnologia jamais vai substituir a mente humana”, destaca Duran.

Por: Núcleo de Comunicação

19.09.2018

A extensão do conhecimento para ajudar o próximo
Todos por um mundo com mais responsabilidade