Institucional

Imprensa

O futuro da educação é agora

Os  acadêmicos e egressos do curso de Pedagogia da Univel contam sobre como eles imaginam o futuro da educação 

 

Não há como falar em um mundo melhor sem mencionar a educação e os profissionais da área que exercem um papel fundamental no processo de construção de uma sociedade mais humana, justa e igualitária. “Como você imagina o futuro da educação?”, foi a pergunta realizada para a coordenadora do curso de Pedagogia da Univel, acadêmicos e egressos do curso. A educação é indispensável para o avanço da sociedade e neste momento nada melhor do que saber o que os atuais e futuros profissionais pensam sobre o futuro. 

 

Gislaine Buraki - Coordenadora do curso de Pedagogia 


 

“Falar da Educação nos dias atuais é dialogar sobre um dos direitos sociais mais importantes, ainda mais considerando a conjuntura da pandemia da Covid-19, onde além de nos ressignificar para atendimento remoto e online, a sociedade percebeu a importância da Educação e da necessidade de valorizar os profissionais da educação e do magistério. Neste período a relação família e escola precisou ser ampliada e oportunizando um trabalho coletivo. E neste Dia Nacional  dos Profissionais da Educação, devemos ainda mais ressaltar a importância de todos os profissionais que fazem acontecer a prática pedagógica e são importantes para o desenvolvimento da sociedade”.

 

Juliana da Costa Pessoa - Acadêmica do 4° ano do curso de Pedagogia EAD

“Eu vejo a educação como forma de ajudar pessoas, seja o aluno, bem como sua família. Quando o professor é dedicado e ensina com amor e empatia, ele transforma o aluno em uma pessoa e cidadão melhor. O futuro do mundo deve ser feito hoje com o melhor ensino-aprendizagem possível. Sinto-me realizada fazendo a residência pedagógica, pois posso estudar e ensinar, a trajetória nem sempre é fácil, às vezes parece cansativo, mas pensar que estou ajudando alguém a aprender ler, escrever e descobrir o mundo é o que me move acordar todos os dias com ânimo, assim, tendo a certeza que meu sonho de infância de ser professora tem se tornado real”.

 

Ricardo Pereira Munhoz - Egresso do curso de Pedagogia 

“O profissional da educação nunca estará 100% formado e/ou terá concluído a assistência para com o próximo. Estamos sempre em busca da formação, do conhecimento científico e filosófico. Como pedagogo e educador, sei a missão que tenho que enfrentar para chegar aos objetivos de uma educação de qualidade, pois acredito cada vez mais na efetivação da formação humana. Portanto, uma análise que tenho da Educação do futuro, pode-se acreditar em muitas mudanças, principalmente desafios, os quais estão interligados na terceirização educacional, no sentido ético-moral. Porém acredito mais ainda que o objetivo maior é o ensino, cuja ferramenta nos faz sermos profissionais apaixonados naquilo que fazemos e ensinamos, valorizando o sentido promissor da Educação.”

 

Larissa Andressa Mello - Acadêmica do 8° semestre de Pedagogia

“A educação para mim sempre foi uma chave que possibilitou o acesso de várias portas desde o mercado de trabalho até às novas oportunidades, que levam a condições melhores de vida. No pouco tempo que tenho de experiência, pude vivenciar o processo de transformação que a educação causou em um aluno que veio de um histórico de vida um tanto quanto conturbado, devido a isso não se sentia motivado ou capacitado para aprender da mesma forma que os colegas. A partir de conversas, de muito trabalho, mostrando para ele a importância que a educação possui e as transformações que podem acontecer na vida dele, dessa forma ele mudou seu pensamento e seu comportamento em relação à educação e a acreditar mais em si mesmo. Ver a evolução de um aluno não tem preço que pague no mundo, saber que de uma certa forma você motivou e produziu em um sujeito esperança e desejo por um dia conseguir conquistar seus objetivos e depois ver que seu trabalho não foi em vão é uma das coisas mais emocionantes e gratificantes que existe. Portanto eu espero que não só a educação futura mas ela em si como já vem transformando, possa transformar sim o mundo e a sociedade a partir dos sujeitos que ela constitui.”

 

Ana Paula Kovaliski -  Acadêmica do 8° semestre de Pedagogia

“Uma experiência que me marcou muito foi quando fiz Estágio Supervisionado no Ensino Fundamental. Quando comecei a aula eles estavam quietinhos, quase não participavam, eu perguntava mais pouco respondiam, com o passar da aula, eles começaram a fazer apontamentos mesmo sem eu perguntar, começaram a contribuir, a conversar sobre o assunto. Quando me dei conta, eles estavam participando 100% da aula, dando opiniões, contando casos relacionados ao tema da aula, eu fiquei encantada com a participação deles. Quando me despedi e falei que era o último dia que estaria ali, eles falaram "Professora fica, sua aula é muito legal" , então alguns vieram me abraçar e eu saí de lá com o coração alegre, com um sentimento de missão realizada com sucesso. Para uma acadêmica que estava no segundo ano, aprendendo a elaborar um plano de aula, receber um retorno deste foi a certeza absoluta que estava no caminho que eu amo. Por fim, o que eu imagino da educação no futuro é que os docentes que estão se formando e os que já atuam na área da educação, façam mais esse movimento de deixar seus alunos falarem, de deixar participarem mesmo que fuja um pouco do tema da aula. Os alunos têm mentes brilhantes e têm muito conhecimento  para compartilhar e agregar com a aula.”

 

Grupo de Pesquisa do Mestrado em Direito da Univel entrega pedido ao Presidente do Tribunal de Justiça do Paraná
Engenharia na Prática: acadêmicos dos cursos de Engenharia Mecânica e de Produção da Univel participam de palestras com profissionais da área