Institucional

Imprensa

Professoras e acadêmicas do Projeto de Combate a Violência Contra a Mulher da Univel realizam palestra para participantes da Fundação Projeto Pescar

A palestra teve objetivo de conscientizar sobre o combate à violência contra a mulher e compartilhar outras informações sobre a temática para os jovens do projeto 

 

O  Projeto de Extensão Combate a Violência Contra a Mulher: aspectos jurídicos e psicológicos do Centro Universitário de Cascavel - Univel, visa conscientizar a comunidade local sobre o combate à violência contra a mulher, sobre a Lei Maria da Penha e os possíveis aspectos que o agressor pode arcar quando comete as mais diversas formas de agressão e violência. Com foco em compartilhar estas informações, as professoras e acadêmicas integrantes do projeto realizaram uma palestra para os jovens que fazem parte da Fundação Projeto Pescar. A palestra foi realizada nas dependências da Universidade Paranaense - Unipar.

A Fundação Projeto Pescar, tem como objetivo capacitar jovens de baixa renda e oportunizar a inserção no mercado de trabalho, dessa forma contribuindo para a construção de um futuro melhor para meninas e meninos, através da educação e do trabalho. De acordo com a professora orientadora do projeto, Dra. Caroline de Cássia Francisco Buosi Velasco, o objetivo principal de realizar a palestra, é levar informação para os jovens em vulnerabilidade social e transformar a realidade social. “Realizamos a palestra sobre violência contra mulher para os jovens da Fundação Projeto Pescar, com objetivo de transformar a realidade local,  tendo em vista que a maioria dos meninos e meninas que fazem parte deste projeto, tem alguma vulnerabilidade social”, ressalta Caroline. 

Para a professora de Direito e que integra o Projeto de Extensão Combate a Violência Contra a Mulher, Rosana Bonissoni, o projeto busca conscientizar e disseminar conhecimento sobre as medidas protetivas para as mulheres que são vítimas de violência e é de extrema importância que esse conhecimento chegue aos mais jovens. “O projeto objetiva conscientizar e disseminar as medidas protetivas contra a violência doméstica e familiar, com o fito de evitar que se propague a violência de gênero e  buscar mais proteção às vítimas dessa espécie de violência. Quando os adolescentes são conscientizados de que precisam intervir e multiplicar as informações, esperamos estar contribuindo para a redução do índice de violência contra a mulher”, reforça Rosana. 

Para a acadêmica do curso de Direito e integrante do projeto, Dyohana Aliati Ferreira, o projeto realiza ações importantes para a sociedade e realizar a palestra com os jovens do Projeto Pescar foi uma oportunidade para levar informações e responder as dúvidas. “A palestra com os adolescentes do Projeto Pescar, foi uma oportunidade de compartilhar histórias, foram bem participativos, fizeram bastante perguntas, muitas inclusive de cunho pessoal, então a gente realmente acredita que o Projeto de Combate a Violência Contra a Mulher da Univel, possa ajudar na vida pessoal das pessoas e até mesmo que elas alertem as pessoas próximas a elas que muitas vezes passam por essa situação. A palestra teve como objetivo a conscientização e prevenção à violência contra mulher,  e foi muito interessante porque são adolescentes, que estão iniciando os relacionamentos afetivos e muitas vezes de uma classe socioeconômica mais desfavorecida da sociedade, às vezes não chega tanta informação sobre esse tema e é muito importante a gente conscientizar esses jovens, para que eles aprendam a não se tornarem agressores e principalmente não serem vítimas”, conta Dyohana. 

 

Por: Núcleo de Comunicação

23.08.2021

 

Integrantes do projeto de combate a violência contra a mulher da Univel participam do evento “15 anos da Lei Maria da Penha: da violência à independência”
Odontologia de excelência: Univel inaugura Clínica Odontológica