Institucional

Unindo arte e solidariedade, Univel realiza Volta às Aulas de 2022

Unindo arte e solidariedade, Univel realiza Volta às Aulas de 2022

Os calouros e veteranos da Univel foram recepcionados com duas telas para deixar suas marcas através do grafite. As obras além de deixar marcado para sempre as marcas de cada um deles, serão leiloadas e todo o valor será revertido para a Central Única de Favelas (CUFA) de Cascavel 

 

Para os calouros do Centro Universitário de Cascavel - Univel, o primeiro dia de aula simboliza o início da realização de um sonho e para os veteranos representa um passo além para a conclusão da graduação tão almejada. Com o propósito de recepcioná-los para este novo ano letivo, realizamos uma ação que conectou alunos e professores através da arte e solidariedade.

Em parceria com o artista plástico e grafiteiro Anderson Marques Silva, representante da Central Única das Favelas de Cascavel, duas telas foram expostas para que os alunos pudessem deixar suas marcas através do grafite. Para o grafiteiro, mais conhecido como Andy Combatente, a ação foi simbólica, um momento importante de união e de propagação da arte. “Agradeço a oportunidade de estar na Univel recepcionando os alunos com a arte do grafite,  onde todos puderam de alguma forma deixar um pouquinho de si na tela. Foi bastante gratificante ver a alegria do pessoal, falando “grafite primeiro dia de aula, que legal” “nunca grafitei antes”, para isso a gente luta tanto pelo reconhecimento e propagação da nossa arte, o grafite, foi incrível!”, declara Anderson. 

As obras criadas com as marcas dos alunos e com a finalização do grafiteiro Andy Combatente, levam consigo um discurso de aspecto social e humanitário. A primeira tela possui a silhueta do personagem Chris, do seriado americano “Everybody Hates Chris”, carregando consigo o debate racial e a luta contra o racismo. A segunda tela possui a silhueta de Jesus Cristo e a frase “Perdoai, eles não sabem o que fazem”, referindo-se a guerra atual entre Rússia e Ucrânia. 

Ambas as obras serão leiloadas e os valores serão revertidos para a Central Única das Favelas (CUFA), uma entidade que surge em 1999, criada por jovens negros da favela Cidade de Deus e que atualmente está presente em todos os estados do Brasil. O principal objetivo da entidade é promover lazer, esporte, educação e cultura para jovens oriundos das camadas menos favorecidas da sociedade. “Uma coisa que nós da CUFA costumamos dizer é que nós não somos carentes,nós somos potentes! Isso é importante que todos entendam, porque todos nós somos carentes, seja de um abraço ou de um milhão de reais, mas nós das comunidades somos pessoas potentes, que precisamos estar em pé de igualdade e seguimos buscando conhecimento para poder alcançar os nossos objetivos”, declara Andy.

Para os interessados em contribuir com a CUFA/PR, acesse a página www.cufapr.com.br ou através do site oficial nacional www.cufa.org.br. “Em Cascavel, atendemos mais de 400 famílias com a doação de cestas básicas, brinquedos para as crianças, material escolar e promovemos ações culturais e artísticas para os jovens, nosso objetivo é sempre colaborar nas comunidades e propagar informação e esperança”, conta. 

A veterana do 5° semestre de Psicologia da Univel, Julia Rodrigues, está animada para o ano letivo de 2022, porque será um momento de decisão de qual área irá atuar futuramente. “A volta às para mim está sendo bem emocionante, é muito bom voltar pra Univel de forma presencial e rever todo mundo. Espero que seja um ano de muito aprendizado, com as aulas práticas deste semestre vamos nos identificando e encontrando dentro de uma área específica. Também estou empolgada para conhecer os novos professores, espero desenvolver uma relação de aprendizado”, conta Julia. 

Para o acadêmico do 5° semestre de Psicologia da Univel, Marcos Antonio, o novo ano letivo será uma oportunidade de adquirir novos conhecimentos.“Estou empolgado em iniciar o semestre de forma totalmente presencial, com novas matérias e aprendizados, e claro conhecer os novos professores”, conta. O acadêmico, também deixou uma mensagem para os calouros de Psicologia. “Vocês escolheram o melhor curso e o melhor centro universitário”, declara Marcos.   

 

Por: Núcleo de Comunicação

10.03.2022

Galeria de Fotos

Univel realiza Semana Pedagógica
Direito das mulheres gestantes: Artigo científico do Professor de Mestrado em Direito da Univel é utilizado para embasar voto de Ministro do STF em julgamento acerca dos direitos das mulheres gestantes