Institucional

Imprensa

Univel e Fundetec: Impressoras 3D na produção de máscaras para combater o coronavírus

 

As máscaras no modelo  “face shield” serão doadas aos profissionais da saúde e da Acesc

Por meio do uso da tecnologia, instituições do mundo todo estão elaborando soluções para combater esta pandemia  do Covid-19. Em Cascavel, que é um polo de saúde no Paraná, a tecnologia também está sendo usada para combater a transmissão do vírus. 

A iniciativa da produção foi da Fundetec - Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico de Cascavel, que em parceria com a Univel,  propôs a produção das face shields em impressoras 3D visando mais segurança aos profissionais de saúde.

A Univel disponibilizou uma impressora 3D, já utilizada nos laboratórios da instituição, para a elaboração e prototipagem das máscaras, aumentando a capacidade de produção dos equipamentos. O Coordenador do curso de Engenharia Mecânica e de Produção, Germano Assunção, foi quem levou os equipamentos até a instituição. “A impressora, a partir do desenho, imprime a parte cinza [foto] e depois é encaixado uma folha de acetato, servindo como uma segunda proteção, além da máscara N95 ou outra máscara descartável”, explica o coordenador.

A parceria vem a agregar ainda mais às iniciativas para o combate ao coronavírus, pois reduz o contágio do vírus. “A principal função dessas máscaras é proteger de fluídos corporais, levando mais conforto e segurança aos profissionais da saúde que atuam na linha de frente no combate à pandemia. É um orgulho para nós contribuir com a segurança destes profissionais tão importantes para a saúde  de toda a população”, explica o Pró-reitor administrativo da Univel, Lucas Silva.

 Com esta parceria, com seis impressoras 3D, cada três horas, 30 máscaras são fabricadas. É esperada a fabricação de mais de 200 peças que serão entregues para os profissionais da saúde e da Acesc.

Como funciona

A máscara é construída com três partes: O suporte, feito pelas impressoras 3D, a folha de acetato e um elástico. Após a montagem, são finalizados em uma máquina de corte a laser.  Ao utilizar, junto de outros equipamentos de segurança, criam uma barreira física para evitar o contato com o vírus.

Por: Núcleo de Comunicação

02.04.2020

Fotos

Professores e alunos da Univel levam Projeto de Combate a Violência Contra a Mulher para diferentes públicos
Acadêmicos de Direito e Ciências Contábeis participam de fiscalização do Procon em Cascavel