Institucional

Imprensa

Univel realiza Cerimônia de Lançamento da Apostila do Projeto Língua Portuguesa para Imigrante

 

Durante a cerimônia, foi realizada a palestra “Construindo minha história a partir do encontro com o outro”, ministrada pela Profa. Thais Thomazini e a entrega das apostilas
 

Na última sexta-feira (03), foi realizada a Cerimônia de Lançamento da Apostila do Projeto de Extensão: Língua Portuguesa para Imigrantes. O evento reuniu docentes, egressos e acadêmicos do curso de Pedagogia (Presencial e EaD) do Centro Universitário de Cascavel - Univel que são voluntários do projeto e os imigrantes participantes. Durante a cerimônia foi realizada a palestra “Construindo minha história a partir do encontro com o outro”, ministrada pela Profa. Thais Rocha Thomazini e a entrega das apostilas.

De acordo com a coordenadora do curso de Pedagogia da Univel, Gislaine Buraki, durante o início das atividades do projeto, os professores utilizavam um material que apesar de auxiliar no processo de ensino, não abordava tópicos importantes, como a cultura e as tradições da região . “Quando iniciamos o projeto, os professores utilizam materiais que contribuiam com o processo do ensino da língua portuguesa, mas havia a necessidade de criar um material mais específico que trouxesse elementos da cultura brasileira e dados sobre o município de Cascavel. Neste sentido nós do curso de Pedagogia junto com a equipe da CREARE que realizou a diagramação, conseguimos produzir esse material didático tão importante”, explica Gislaine. 

A professora responsável pelo projeto, Marileia de Bone, explicou que o material foi elaborado entre 2020 e início de 2021 e contou com o apoio de egressos e acadêmicos do curso de Pedagogia da Univel para o desenvolvimento do conteúdo. “Nós escrevemos todo o material com muito carinho, levando em conta a realidade dos participantes e pensamos em atividades voltadas à oralidade, leitura e escrita. No ano passado, nós utilizamos esse material de forma online e esse ano podemos usufruir da apostila física”, 

O projeto atualmente conta com treze turmas abertas e uma com previsão de início para ainda esse mês. Sendo dez turmas na Univel e três no Colégio Sagrada Família, os participantes são separados em turmas de nível básico, intermediário e avançado (de acordo com o resultado da prova de nivelamento realizada no primeiro encontro). Há também casos de imigrantes que não foram alfabetizados em seu país de origem e que pelo projeto terão a oportunidade de aprender a língua portuguesa.

“Um exemplo é a turma n°10, que iniciamos esse ano, percebemos pela prova de nivelamento que são imigrantes que não foram alfabetizados no país de origem, então abrimos uma turma de alfabetização. A próxima turma de alfabetização, terá o apoio do imigrante Kervens Elien, que participou do projeto e hoje atua como tradutor e auxilia os professores no propósito alfabetizar outros imigrantes em língua portuguesa”, conta Marileia. 

Para que os conteúdos desenvolvidos pelos professores e acadêmicos de Pedagogia pudesse se transformar em uma apostila, o projeto contou com a participação dos acadêmicos dos cursos de Publicidade e Propaganda e Design Gráfico da Agência Experimental da Univel - CREARE, que realizou a diagramação desse material. “A Agência Experimental CREARE, como uma agência escola, tem como propósito fazer com que os alunos de Publicidade e Propaganda e Design Gráfico interajam mais com a sociedade, principalmente em um projeto tão importante que é o de Língua Portuguesa para Imigrantes, uma vez que ele tem cunho de desenvolvimento social. A nossa contribuição é fazer a vida dessas pessoas um pouco melhor através do trabalho gráfico realizado”, declara o coordenador dos cursos de Publicidade e Propaganda e Design Gráfico da Univel, Rodrigo Cardoso. 

Durante o evento, foi realizada a palestra “Construindo minha história a partir do encontro com o outro”, ministrada pela Profa. Thais Rocha Thomazini e contou com a participação do Kervins Elien, que realizou a tradução simultânea em francês para que os imigrantes presentes pudessem compreender o que era dito. “A palestra busca problematizar a questão da nossa história, que é marcada pelo processo de encontro, desencontros, conflitos, semelhanças e diferenças. Desde o nosso nascimento, vamos nos construindo e também construindo outras pessoas que estão ao nosso redor. A Univel sempre acolheu e tratou com muito carinho a questão dos imigrantes e acredito que a palestra foi uma fala importante para essas pessoas que se desafiaram, saíram de seu país de origem e se depararam com uma outra cultura, outra língua e precisaram construir uma nova história, o que é muito significativo”, ressalta Thais. 

O evento contou com a participação do Reitor da Univel, Renato Silva deixou uma mensagem para os imigrantes que participam do projeto. “Contem sempre com a família Univel, nós demonstramos nosso amor ao próximo, por meio de atos, atitudes e realizando projetos como esse de Língua Portuguesa.O projeto proporciona conhecimento para vocês, para que possam melhorar de vida. Desejo sucesso, que Deus abençoe a todos e que tenham entusiasmo para vencer todos os obstáculos”, declara Renato.

 

Por: Núcleo de Comunicação

09.06.2022

 

Galeria de Fotos

 

Ensino de Verdade gera Reconhecimento: Curso de Ciências Contábeis EaD da Univel é reconhecido com nota máxima pelo MEC
AREAC recebe acadêmicos de Agronomia da Univel